4 curiosidades sobre Basílica de São João de Latrão para você conhecer

4 curiosidades sobre Basílica de São João de Latrão para você conhecer

No dia 9 de novembro, a Igreja celebra a Dedicação da Basílica de São João de Latrão. Dentre as basílicas papais romanas, a única que pode ser chamada de Catedral é São João de Latrão, pois lá está a cátedra do bispo de Roma, o papa. Portanto, foi definida como a Mãe de todas as igrejas da cidade e do mundo (Urbe et Orbe), construída pelo papa Melquíades, por volta de 314 d. C.

Ainda que não se destaque como a basílica mais visitada em Roma, já que a de mais destaque é a Basílica de São Pedro, São João de Latrão também é conhecida como Arquibasílica papal de Roma, sendo seu nome oficial Archibasilica Sanctissimi Salvatoris (Arquibasílica do Santíssimo Salvador).

Construída sobre ruínas romanas

Como quase tudo que está construído no centro de Roma, com a Basílica de São João de Latrão não é diferente. A primeira entre as quatro basílicas papais, a catedral do papa foi dedicada a dois santos homônimos : São João, o Batista e são João Evangelista.

Segundo a tradição, o local onde hoje se encontra a Basílica era situado o quartel da cavalaria do imperador Septímio Severo, e por volta do século 1º da era cristã, se tornou o chamado Palácio Laterano, que seria o sobrenome da família proprietária.

Logo após, Constantino cedeu o palácio ao papa. E ali mesmo, dentro da casa do bispo de Roma, foi construída a basílica, que depois ainda passou por pelo menos três reconstruções, sendo a última em 1993.

Na ocasião, aconteceu um atentado que destruiu sua fachada. A Máfia italiana explodiu um carr-bomba na frente da Basílica, em retaliação a um pronunciamento do então pontífice, são João Paulo II, que em uma viagem a Sicília, havia feito um sermão contra as associações mafiosas.

A curiosidades da Basílica de São João de Latrão

As basílicas romanas costumam tirar o fôlego de seus visitantes, seja pela suntuosidade, ou pela quantidade de afrescos e esculturas que remetem aos grandes nomes da Arte mundial. Em São João de Latrão não é diferente! Mas queremos chamar atenção para 5 grandes obras que chamam atenção da grande maioria dos peregrinos.

  1. Obelisco Lateranense: Logo na praça ao lado da Basílica é possível você ver o maior obelisco egípcio de Roma, datado do século XV a. C. é uma das obras desse tipo mais antigas do mundo.
  2. Os Apóstolos de Bernini: Dentre as diversas esculturas presentes em São João de Latrão os Apóstolos que adornam a nave principal são impressionantes. Produzidas pela Escola de Bernini, trazem fortes características barrocas, e sobretudo da personalidade e missão dos apóstolos, sobretudo os mártires.
  3. Primeiro batistério do mundo: o batistério lateranense é a pia batismal mais antiga do mundo, sendo uma referência para todos os que foram construídos depois. construído por Constantino por volta de 315 d. C, tendo sido batizado ali, em meio a sua conversão. O objetivo era que os cristãos não precisassem mais se esconder para receberem o batismo, mas tivessem um lugar digno para professarem sua fé e serem acolhidos no seio da comunidade cristã.
  4. Escada Santa: segundo antiga tradição dos cristão, esta seria a mesma escada subida por Jesus para ir ao encontro de Pilatos para ser julgado. Em respeito a tão importante momento, os 28 degraus de madeira só são subidos de joelhos. Trazida a Roma por Santa Helena, mãe de Constantino, a escada tem nas suas laterais dois conjuntos de esculturas de Iacometti, sendo uma O Beijo de Judas, e o outro Pilatos que mostra Cristo ao Povo.

Celebrar a dedicação desta Igreja em toda a liturgia da Igreja denota a unidade dos cristãos à Cátedra Papal, em louvor e ação de Graças pela Santa Igreja Católica e seus pastores.